Mundo das Tartarugas

Fórum sobre Tartarugas, onde todos podem tirar as suas dúvidas, ajudar ou simplesmente conviver!
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Últimos assuntos
» Ajuda- uma das minhas tartarugas ataca a outra
Hoje à(s) 17:16 por EduardaRibeiro

» Doação de 2 tigres
Sex 22 Set 2017 - 12:05 por MightyCucumber

» Ficha: Chinemys Reevesii (Tartaruga Chinesa de 3 Quilhas, Reeve's Turtle)
Qui 21 Set 2017 - 14:49 por norby

» Qual a espécie da minha Nikita??
Qui 21 Set 2017 - 14:46 por norby

» Ajuda - tartaruga doente
Qui 21 Set 2017 - 10:35 por norby

» Pseudemys concinna hieroglifica
Seg 18 Set 2017 - 17:48 por norby

» Pálpebras inchadas e peles
Sex 15 Set 2017 - 17:03 por norby

» Carlão ou Carlinha? Dúvidas com o sexo da minha pequena
Sex 15 Set 2017 - 15:45 por norby

» Fungos ou troca de carapaça?
Sex 15 Set 2017 - 15:11 por Jotemalo


Compartilhe | 
 

 Tartarugas Marinhas Albinas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
norby
Moderador
Moderador
avatar

Masculino Mensagens : 3229
Idade : 41
Localização : Guimarães

MensagemAssunto: Tartarugas Marinhas Albinas   Qui 12 Mar 2015 - 15:56


Filhotes albinos de tartaruga-cabeçuda recebem tratamento especial. (Foto: Divulgação / Projeto Tamar)

Projeto Tamar de Ubatuba recebe filhotes albinos de tartaruga marinha
Albinismo é considerado raro entre as tartarugas marinhas.
Projeto Tamar oferece tratamento que inclui controle de peso e luz especial.


Oito filhotes de tartarugas marinhas albinas, consideradas raras, chegaram ao Projeto Tamar de Ubatuba, no litoral Norte de São Paulo. Os animais, que vieram de Campos dos Goytacazes, (RJ) em dezembro, estão na área de visitação do projeto desde terça-feira (20).
Os filhotes são da espécie tartaruga-cabeçuda e foram encontradas em um ninho com 118 filhotes. Apenas essas oito que vieram para em Ubatuba (SP), referência no tratamento deste tipo de réptil, nasceram albinas.

O albinismo é a falta de pigmentação na pele (ausência de cor) por fatores genéticos e é um fenômeno muito raro em tartarugas marinhas. Por isso, esses filhotes foram levados para o Tamar, que estuda a biologia destes animais. O projeto atua no litoral norte.
Segundo a coordenadora do projeto, Berenice Gomes da Silva,  estes animais são muito frágeis e têm poucas chances de sobreviver na natureza. Ela explicou que, em cativeiro e sob cuidados especiais, essas chances aumentam. “Durante todo o dia os animais recebem alimentação que é feita individualmente. Para isso, fazemos um sistema de rodízio entre os funcionários e também na exposição para o público”, explicou.

A coordenadora explicou ainda que além do controle de peso, as tartarugas albinas recebem uma iluminação especial. “Com a despigmentação da pele, elas ficam mais sensíveis a luz do sol, por isso recebem uma iluminação especial usada para répteis. Sem estes cuidados dificilmente elas sobreviveriam na natureza”, disse.

As tartarugas nasceram no  dia 20 de dezembro de 2014 na Praia do Gargaú, em Campos dos Goytacazes e foram trazidas para o centro do Tamar em Ubatuba na véspera de Natal. Elas passaram por um período de isolamento.

Essa não é a primeira vez que o Tamar em Ubatuba recebe animais como estes. Em 1994, dois filhotes albinos, também nascidos no Rio de Janeiro, foram levados para o local. O Projeto Tamar em Ubatuba fica na rua Antonio Athanásio, 273, na praia de Itaguá. O horário de funcionamento durante férias escolares é das 10h às 20h, todos os dias da semana.

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2015/01/aquario-de-ubatuba-recebe-filhotes-albinos-de-tartarugas-marinhas.html

__________________________________________
Cumprimentos,
Norby

Procura de topicos por palavra chave AQUI.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tartarugas Marinhas Albinas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo das Tartarugas :: Tartarugas Marinhas-
Ir para: